Noticias

×

Aviso

There was a problem rendering your image gallery. Please make sure that the folder you are using in the Simple Image Gallery Pro plugin tags exists and contains valid image files. The plugin could not locate the folder: media/k2/galleries/575

Jueves, 10 Agosto 2017 05:20

Coordenadores da Reaf se reúnem em Brasília

Rate this item
(0 votes)
Os coordenadores nacionais da Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar do Mercosul (Reaf) se reúnem nos dias 9 e 10 de agosto, em Brasília. O encontro abre as atividades deste semestre e organiza a pauta da Reaf para os próximos meses. Participam do encontro representantes do Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile. O evento é o primeiro após a posse do Brasil, por meio da Secretaria Especial da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), na Presidência Pro Tempore da Reaf.
 
Durante a abertura do evento, José Ricardo Roseno, secretário da Sead e atual presidente da Reunião, agradeceu a oportunidade de estar na coordenação da Reaf neste semestre e reafirmou o compromisso do Brasil com o bom andamento das atividades. “Nós nos preparamos para atender as expectativas, principalmente depois do nosso último encontro, realizado no Chile. Nos comprometemos a dar continuidade a tudo aquilo que foi determinado e registrado”.
 
Como uma das prioridades da atual gestão, a Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) abriu a pauta do encontro. Roseno explicou a importância da temática não só para o Brasil, mas para todo o Mercosul. “A Ater vai além da inclusão produtiva e social. Os números mostram que ela impulsiona a geração de renda para as famílias e riqueza para o país”, ressaltou, destacando que o Brasil vem fomentando a construção de uma plataforma de Ater, que possibilitará a troca de informação e experiências entre técnicos e extensionistas do Mercosul.
Outro tema bastante discutido dentro dessa temática foi a criação de um Grupo de Trabalho de Ater no âmbito de sessões nacionais. O diretor-geral de Desenvolvimento Rural do Uruguai, José Olascuaga, compartilhou a experiência do seu país. “O grupo tem funcionado como um espaço de discursão, abordando os temas regionais e a realidade nacional. São experiências e sugestões que podem ajudar a pautar as atividades da Reaf em relação a assistência técnica”, explicou.
 
Já o secretário de Agricultura Familiar, Coordenação e Desenvolvimento Territorial da Argentina, Santiago Hardie, destacou a importância das trocas de informações que os encontros da Reaf proporcionam. “É muito importante intercambiar as experiências e os resultados. Aprendi muito com o que o Brasil está fazendo por meio do Plano Safra. É muito importante a gente se reunir para potencializar o setor da agricultura familiar e o trabalho desses produtores, que são tão importantes para os nossos países”.
Outros temas também serão abordados na reunião, como o acordo IICA-Mercosul e apresentação das atividades para a XXVII Reaf. A reunião continua nesta quinta-feira (10) trazendo pontos como o Fundo da Agricultura Familiar (FAF Mercosul) e orientações para aprimorar as atividades da Reaf.
Reaf
A Reaf é uma das reuniões especializadas do Mercosul vinculadas ao Grupo Mercado Comum (GMC). Trata-se de espaço regional de diálogo político e de fortalecimento de políticas públicas para a agricultura familiar e para o comércio dos produtos do setor no Mercosul. Desde a sua criação, em 2004, por iniciativa do Governo brasileiro e da Confederação de Organizações de Produtores Familiares do Mercosul Ampliado (Coprofam) em função do entendimento político da centralidade da agricultura familiar para o desenvolvimento sustentável e para a segurança alimentar dos países do Mercosul, a REAF tem se tornado um espaço de discussão estratégico entre governos e organizações sociais representantes da agricultura familiar da região.
 
Para Hur Ben Corrêa Silva, coordenador-geral de Assuntos da Agricultura Familiar e Cooperação Internacional da Sead, a Reaf já mostrou resultados e tem sido um instrumento fundamental para que os países criem estruturas voltadas para atender o produtor familiar. “Hoje, todos os países do Mercosul possuem políticas públicas para agricultura familiar e desenvolvem instrumentos para a aplicação delas, além de possuírem estrutura nos governos para tratar do assunto. Esse é um dos resultados do diálogo que a Reaf promove, com a participação de Governo e a sociedade civil”, finaliza.
 
A cada seis meses, um país responde pela a Presidência Pro tempore da Reunião, uma forma de garantir a democracia e o equilíbrio entre os Estados que formam o bloco. O Brasil assumiu recentemente a coordenação. Saiba mais aqui.
 
Fotos: Dinho Souto / Ascom Sead
Nota: Juliana Andrade
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0128 / 0127 e Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.
Read 73 times Last modified on Jueves, 10 Agosto 2017 14:43

Image Gallery

{gallery}575{/gallery}